Olá, bom dia! Hoje é sábado, 16 de dezembro de 2017
www.itaqui.rs.gov.br

Notícias

27/09/2017 | Quarta-feira | 11h59

Obras de recomposição de pavimento asfáltico precisam de atenção e cuidados no tráfego

Por Franciéli Keller

Assessoria de Comunicação

Obras de recomposição asfáltica estão em andamento e devem atingir mais de 5.000 m²

Obras de recomposição asfáltica estão em andamento e devem atingir mais de 5.000 m²
Foto: Luis Antônio Gattiboni

Continuam as obras de recomposição do pavimento asfáltico nos pontos críticos das principais ruas da cidade, sob acompanhamento e fiscalização dos Engenheiros da Prefeitura e do Secretário Adjunto de Captação de Recursos o Eng. Carlos Duarte de Mello, além do acompanhamento do Secretário de Obras João Marques.

Segundo o levantamento técnico feitos pelos engenheiros a área considerada crítica totalizava cerca de 3.000 m².

Neste parecer técnico foi constatado que o dimensionamento do pavimento asfáltico existente era inferior ao adequado para o tráfego existente. A base de brita graduada simples continha cerca de 10cm, em alguns pontos até menos. O revestimento asfáltico, chamado de concreto betuminoso usinado quente (asfalto quente) variava de 3cm a 7cm. Sendo que o tráfego nestas ruas, principalmente na rua Borges de Medeiros suporta cargas com mais de 100 toneladas.

Como estava?
Para os Engenheiros o pavimento estava em situação crítica, e dois agravantes da depreciação são a sobrecarga e a frenagem, o Eng. Carlos Mello frisou que a solução para estas vias são o reparo, a conservação e manutenção, fatores que não aconteciam a muito tempo.

O que está sendo feito?
A Prefeitura vai, neste primeiro momento, fazer a recomposição de uma área de 5,5 mil m², daqueles pontos considerados os críticos que atende as ruas: Borges de Medeiros, Rodrigues Lima, Dom Pedro II e Tito Corrêa Lopes.

1º Passo:
Recorte e Base:
Neste primeiro momento estão sendo recortados os materiais deteriorados e colocado a primeira camada de base, que varia de 15cm a 40cm de profundidade, dependendo do tráfego de cada ponto. Esta base é composta por Brita Graduada Simples, que deve ser compactada e necessita da atenção e cuidado dos motoristas ao trafegar por locais em que a brita ainda encontra-se solta.

2º Passo:
Será colocado a imprimação, uma camada deste material é necessário para fazer a ligação entre a brita e a camada de asfalto quente.

3º Passo e Finalização:
A camada final chamada de Concreto Betuminoso Usinado Quente (Asfalto Quente) é o processo de finalização, que só pode ser colocado após a base estar totalmente compactada.

Lembramos que todo este processo depende de condições climáticas, e que a chuva impossibilita o andamento das obras, reforçamos ainda o pedido aos motoristas para trafegarem com cuidado e atenção nos locais que estão apenas com base (brita).

Imagens Relacionadas
  •        
  •        
Últimas notícias

Tamanho da letra:

  • Acesso a Informação
  • NFS-e
  • Webmail
  • Portal da Transparência
  • Prefeitura On-line
  • Diário Oficial Eletrônico
  • Licitações
  • Ouvidoria
  • Contas Públicas
  • Faps
  • Plano Diretor
  • PPA 2010/2013
  • PPA 2010/2013