Olá, boa noite! Hoje é quarta-feira, 17 de agosto de 2022
www.itaqui.rs.gov.br

Notícias

05/08/2022 | Sexta-feira | 08h22

Lumens Consultoria destaca que Reforma da Previdência diminuiria o déficit atuarial de Itaqui

Por Juliano Cabral

Assessoria de Comunicação Social


Foto: Juliano Cabral

Foi apresentado, na tarde desta quinta-feira (04/08), o relatório de avaliação atuarial do Fundo de Aposentadoria e Pensão dos Servidores (FAPS), de 2022 com data base de 2021, pelo consultor previdenciário e atuário, Guilherme Walter, da Lumens Consultoria.
 
A apresentação aconteceu no Plenário Olsy Marenco Silveira da Câmara Municipal de Vereadores e reuniu o prefeito Leonardo Betin, vereadores, secretários municipais, contadoria do Poder Executivo, Procuradoria-Geral do Município (PGM), membros do Conselho Administrativo do FAPS, diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itaqui (Sindserpi) e imprensa.
 
Na ocasião, Walter destacou a situação do município que aportada ao regime próprio de Previdência Social, aproximadamente, R$ 1,8 milhão mensais, entre contribuições patronais suplementares e aportes financeiros. Além de reforçar a necessidade de adequação do município à Emenda Constitucional nº 103/2019, que possibilita a Reforma da Previdência, com direito as regras de transição.
 
“A gente não tem solução definitiva para vocês, infelizmente. Não temos. Eu posso fazer a reforma que eu quiser, ainda assim vai ficar déficit atuarial. A gente precisa, justamente, é achar meios de conduzir este déficit atuarial ao longo do tempo. A Reforma da Previdência, que infelizmente não foi aprovada, era o primeiro e mais importante passo da série de encadeamentos para construção desta solução máxima possível de atenuar o problema”, ressaltou o atuário.
 
O secretário adjunto da Fazenda e Desenvolvimento Econômico, Maurício Talhafero, alertou para a situação econômica do município que afeta diretamente o serviço público e prejudica a população. “A cada ano que passa o orçamento do município acaba mais cedo. Nós estamos em agosto, mas estamos há dois meses, pelo menos, trabalhando com um orçamento muito exíguo. Isso, a cada ano se agrava”, relatou.
 
Três projetos de origem do Poder Executivo foram encaminhados à Casa Legislativa neste ano, referentes à Reforma da Previdência. Porém, o projeto de Emenda à Lei Orgânica n° 01 não alcançou os dois terços dos votos dos vereadores necessários para ser aprovado. O pacote de projetos será reencaminhado em 2023.
Imagens Relacionadas
  •        
  •        

Tamanho da letra:

  • Covid
  • Atendimento Protocolo Web
  • Acesso a Informação
  • NFS-e
  • Webmail
  • Portal da Transparência
  • Portal do servidor
  • Prefeitura On-line
  • Diário Oficial Eletrônico
  • Licitações
  • Ouvidoria
  • Contas Públicas
  • Faps
  • Plano Diretor